Clube Nora Roberts

Por favor Entre ou registe-se.

Autor Tópico: o livro da minha vida  (Lida 18470 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline didasm

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 475
  • A linha é um fino fio, a vida também :S
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #15 em: Março 03, 2010, 00:41:13 am »
Adorei os Favores em Cadeia é talvez o meu livro favorito :D
Para que tens uns olhos tão grandes?

É para te ver melhor =P

Offline HANA AVLIS

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 141
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #16 em: Março 08, 2010, 01:38:56 am »
Passaram pelas minhas mãos muitos bons livro mas o que mais me marcou foi Trilogia Sevenwaters de Juliet Marilliere, uma leitura que absorvi do inicio ao fim, fiquei fascinadapela minucia das discrições sobre a paisagem e as personagens.
Desde muito nova tenho uma paixão pela Irlanda mas foi com esta saga que que passei a ler tudo o que envolva este país!
 
Não existem pessoas más, só mentes distorcidas.
A leitura é uma boa terapia para abrir Horizontes.

Offline Nath

  • Aprendiz
  • *
  • Mensagens: 11
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #17 em: Março 16, 2010, 15:45:01 pm »
Passaram pelas minhas mãos muitos bons livro mas o que mais me marcou foi Trilogia Sevenwaters de Juliet Marilliere, uma leitura que absorvi do inicio ao fim, fiquei fascinadapela minucia das discrições sobre a paisagem e as personagens.
Desde muito nova tenho uma paixão pela Irlanda mas foi com esta saga que que passei a ler tudo o que envolva este país!
 

A minha trilogia preferida também é essa!  :D Já li mais de 5 vezes nunca enjoei-me , foi com essa escritora que comecei a apanhar o gosto pela leitura! Por um lado é bom porque adoro ler, mas por outro é mau pra carteira lol Foi também a partir desse livro que comecei a interessar me pela cultura celta e tudo que envolve a Irlanda!

Offline Jessy Sousa

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 383
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #18 em: Março 16, 2010, 23:36:39 pm »
Passaram pelas minhas mãos muitos bons livro mas o que mais me marcou foi Trilogia Sevenwaters de Juliet Marilliere, uma leitura que absorvi do inicio ao fim, fiquei fascinadapela minucia das discrições sobre a paisagem e as personagens.
Desde muito nova tenho uma paixão pela Irlanda mas foi com esta saga que que passei a ler tudo o que envolva este país!
 

A minha trilogia preferida também é essa!  :D Já li mais de 5 vezes nunca enjoei-me , foi com essa escritora que comecei a apanhar o gosto pela leitura! Por um lado é bom porque adoro ler, mas por outro é mau pra carteira lol Foi também a partir desse livro que comecei a interessar me pela cultura celta e tudo que envolve a Irlanda!
comigo foi exactamente assim (eu ja gostava de ler) mas depois dos livros dela e so perder a cabeça mas o descalabro (saudavel) foi com a vinda para o forum ai ai .....
bjs

Offline Viciada

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 81
  • "A leitura engrandece a alma" - Voltaire
    • Ver Perfil
    • http://livrosomeuvicio.blogspot.com
Re: o livro da minha vida
« Responder #19 em: Maio 11, 2010, 22:35:50 pm »
É tão difícil escolher o livro da minha vida. Tive alguns que me marcaram, como por exemplo os livros da Jodi Picoult. Jodi Picoult é uma escritora que aborda temas polémicos, temas que nos fazem "estremer", que entram no nosso coração e nos fazem sofrer, principalmente quem é mãe.
Neste momento, estou a ler "Frágil" desta autora e devo dizer que tenho "sofrido" com a Charlotte, a mãe da Willow, uma menina de 5 anos que sofre de Osteogénese Imperfeita . uma grave fragilidade óssea.
 
Sinopse:
Willow, a linda, muito desejada e adorada filha de Charlotte O’Keefe, nasceu com osteogénese imperfeita – uma forma grave de fragilidade óssea. Se escorregar e cair pode partir as duas pernas, e passar seis meses enfiada num colete de gesso. Depois de vários anos a tratar de Willow, a família enfrenta graves problemas financeiros. É então que é sugerida a Charlotte uma solução. Ela pode processar a obstetra por negligência – por não ter diagnosticado a doença de Willow numa fase inicial da gravidez, quando ainda fosse possível abortar. A indemnização poderia assegurar o futuro de Willow. Mas isso implica que Charlotte tem de processar a sua melhor amiga. E declarar perante o tribunal que preferia que Willow não tivesse nascido...

Críticas de imprensa
“Picoult (...) tece uma teia de narrativas paralelas para expor temas como esperança, arrependimento, identidade e família, que conduzem às reviravoltas finais que são a sua imagem de marca.” Publishers Weekly

“Frágil é uma narrativa fantástica, com personagens fortes, um processo judicial que nos enreda e bons conhecimentos do contexto médico.” The Washington Post

“Não consegui parar de ler e ficou-me na cabeça muito depois de ter terminado.” Observer

“Soberbo, complexo e terrivelmente realista.” The Times
 
 
 
 
O 1º livro que li desta autora, foi "Tudo por Amor" e apesar do tema ser um tema actual, a pedofilia, eu gostei muito do livro.
 
Sinopse:
Nina Frost é delegada adjunta do Ministério Público, acusa pedófilos e todo o tipo de criminosos que destroem famílias. Nina ajuda os seus clientes a ultrapassar o pesadelo, garantindo que um sistema criminal com várias falhas mantenha os criminosos atrás das grades. Ela sabe que a melhor maneira de avançar através deste campo de batalha vezes sem conta, é ter compaixão, lutar afincadamente pela justiça e manter a distância emocional.
Mas quando Nina e o marido descobrem que o seu filho de 5 anos foi vítima de abuso sexual, essa distância é impossível de manter e sente-se impotente perante um sistema legal ineficiente que conhece demasiado bem. De um dia para o outro o seu mundo desmorona-se e a linha que separa a vida pessoal da vida profissional desaparece. As respostas que Nina julgava ter já não são fáceis de encontrar. Tomada pela raiva e pela sede de vingança, lança-se num plano para fazer justiça pelas próprias mãos e que a pode levar a perder tudo aquilo por que sempre lutou.

Críticas de imprensa:
“Os personagens de Picoult são tão absorventes que o leitor espera poder encontrá-los de novo.”
USA Today

“Picoult tem uma escrita fina, atenção ao pormenor e uma grande compreensão da delicadeza e complexidade das relações humanas.”

“Tudo por Amor, em última análise, é um romance sobre a maternidade e todas as suas complexidades… explora com grande sentimento a profunda crise moral de uma mãe.”

 
 
 
 
Depois li "Uma Questão de Fé":
 
Sinopse:
Em «Uma Questão de Fé, Jodi Picoult lança-se uma vez mais numa temática polémica sobre fé, traição, milagres e mistério… mas o fio condutor da narrativa é sempre a força do amor maternal.
Pela segunda vez no seu casamento, Mariah White apanha o marido com outra mulher, e Faith, a filha de ambos, assiste a cada doloroso momento. Após o inevitável divórcio, Mariah luta contra a depressão e Faith começa a conversar com um amigo imaginário. A princípio, Mariah desvaloriza o comportamento da filha, atribuindo-o à imaginação infantil. Mas quando Faith começa a recitar passagens da Bíblia, a apresentar estigmas e a fazer milagres, Mariah interroga-se se sua filha não estará a falar com Deus. Quase sem se aperceberem, mãe e filha vêem-se no centro de polémicas, perseguidas por crentes e não-crentes e apanhadas num circo mediático que ameaça a pouca estabilidade que lhes resta.»

 
 

A seguir, "Para a Minha Irmã",
 
Sinopse:
     «Anna não está doente, mas bem poderia estar. Aos treze anos e idade já passou por várias operações, transfusões e injecções para ajudar a irmã, Kate, que sofre de leucemia. Anna nasceu com esta finalidade, disseram-lhe os pais, e é por isso que eles a amam ainda mais. Mas agora ela não pode deixar de se questionar sobre como seria a vida dela se não estivesse presa à irmã... e toma uma decisão que, para a maioria das pessoas da sua idade, seria quase impensável.»
.
      Se dependesse de nós salvar um familiar próximo, a nossa irmã que tanto amamos, não hesitaríamos em doar sangue, medula, até um rim... mas essa seria uma escolha nossa, não seria a escolha que outros fariam por nós. Anna, a protagonista desta narrativa, sente-se dividida entre ajudar a irmã que está a morrer e as dúvidas sobre a sua própria existência nesta família visto que foi gerada com o fim de salvar a irmã a quem foi diagnosticada uma forma grave de leucemia. Mais um livro desta autora que aborda um assunto polémico e emocionalmente perturbante. Mais uma leitura que nos prende da primeira à última página... e com um final surpreendente e dolorosamente inesperado!
.
      «Se usasse um dos seus filhos para salvar outro, estaria a ser uma boa mãe... ou uma péssima mãe?»Jodi Picoult
 

 
O penúltimo livro que li desta autora foi "Em Troca de um Coração",
 
Sinopse:
"Aceitava realizar o último desejo de um condenado para salvar a vida de um filho? Com uma sensibilidade literária invulgar, Jodi Picoult conduz uma vez mais o leitor a uma encruzilhada moral. Como é que uma mãe concilia a trágica perda de um filho com a oportunidade de salvar a alma de um homem que odeia?
Shay foi condenado à morte por matar a pequena Elizabeth Nealon e o padrasto. Onze anos mais tarde, a irmã de Elizabeth, Claire, precisa de um transplante de coração e Shay, que vai ser executado, oferece-se como dador. Este último desejo do condenado complica o plano de execução, pois uma injecção letal inutilizaria o órgão. Entretanto, a mãe da criança moribunda debate-se com a questão de pôr de parte o ódio para aceitar o coração do homem que matou a sua filha. Picoult hipnotiza o leitor com uma história de redenção, justiça, e amor."

 
 
A ler: "O Vale das Bonecas" de Jacqueline Susann

http://livrosomeuvicio.blogspot.com

Offline Fiacha

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 53
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #20 em: Maio 17, 2010, 14:20:21 pm »
Uma escolha muito dificil, mas posso dizer que o livro que mais me surprendeu foi A Gloria dos Traidores, 6º volume da saga Crónicas do Gelo e Fogo de George Martin.


Offline celiaferro

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4.347
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #21 em: Maio 17, 2010, 17:43:48 pm »
Uma escolha muito dificil, mas posso dizer que o livro que mais me surprendeu foi A Gloria dos Traidores, 6º volume da saga Crónicas do Gelo e Fogo de George Martin.

O meu namorado é louco por essa saga... o último livro andou a poupa-lo por pena de o acabar e ter que esperar anos pelos próximos... já olhei para ela umas quantas vezes para a começar, mas ainda não calhou...


CF

Offline Fiacha

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 53
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #22 em: Maio 17, 2010, 18:04:37 pm »
Uma escolha muito dificil, mas posso dizer que o livro que mais me surprendeu foi A Gloria dos Traidores, 6º volume da saga Crónicas do Gelo e Fogo de George Martin.

O meu namorado é louco por essa saga... o último livro andou a poupa-lo por pena de o acabar e ter que esperar anos pelos próximos... já olhei para ela umas quantas vezes para a começar, mas ainda não calhou...

Ele não é louco, só quem chegou ao final deste livro percebe porque ;D

Offline celiaferro

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4.347
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #23 em: Maio 17, 2010, 21:35:05 pm »
Uma escolha muito dificil, mas posso dizer que o livro que mais me surprendeu foi A Gloria dos Traidores, 6º volume da saga Crónicas do Gelo e Fogo de George Martin.

O meu namorado é louco por essa saga... o último livro andou a poupa-lo por pena de o acabar e ter que esperar anos pelos próximos... já olhei para ela umas quantas vezes para a começar, mas ainda não calhou...

Ele não é louco, só quem chegou ao final deste livro percebe porque ;D

É assim tão boa?


CF

Offline Fiacha

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 53
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #24 em: Maio 18, 2010, 12:16:54 pm »
(...)
É assim tão boa?

Perguntas a quem o considera o melhor livro de sempre ?

Se o teu namorado acompanha a saga, não tens custos com os livros, logo nada como experimentar ;)

Offline celiaferro

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4.347
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #25 em: Maio 18, 2010, 14:17:02 pm »
(...)
É assim tão boa?

Perguntas a quem o considera o melhor livro de sempre ?

Se o teu namorado acompanha a saga, não tens custos com os livros, logo nada como experimentar ;)

Tenho-os todos aqui em casa... mas não sei porquê nunca estive para aí virada... vamos ver...


CF

Offline celiaferro

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 4.347
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #26 em: Maio 18, 2010, 14:23:14 pm »
Um dos livros que mais me marcou é o na corda bamba da Joanne Harris


CF

Offline Fiacha

  • Leitor de Fim de Semana
  • **
  • Mensagens: 53
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #27 em: Maio 18, 2010, 16:50:24 pm »
(...)
É assim tão boa?

Perguntas a quem o considera o melhor livro de sempre ?

Se o teu namorado acompanha a saga, não tens custos com os livros, logo nada como experimentar ;)

Tenho-os todos aqui em casa... mas não sei porquê nunca estive para aí virada... vamos ver...

Para mim foi logo paixão avassaladora, nem Tolkien me consegue cativar tanto ;)

Offline Fausta

  • Leitor Inveterado
  • ***
  • Mensagens: 274
    • Ver Perfil
Re: o livro da minha vida
« Responder #28 em: Junho 07, 2010, 15:38:50 pm »
As Brumas de Avalon, de Marion Zimmer Bradley. Gostei tanto que dei o nome de Morgana à gata preta que adoptei na altura, em 2002, já lá vão uns anos. Como não era fã de trilogias, este conjunto deve ser um quarteto, admirei-me como no espaço de  2 meses li os 4 livros, e o último vi-me aflita para o encontrar pois aqui pelos meus lados não havia nenhuma livraria que o vendesse. Actualmente já existem as Bretand em qualquer cidade bem como a selecção do Modelo e claro, as lojas on line.

BS

Fausta

Offline Ash

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 2.424
    • Ver Perfil
    • Cafe de letras
Re: o livro da minha vida
« Responder #29 em: Junho 17, 2010, 00:00:14 am »
"No tempo das borboletas" de Julia Alvarez

Embora prefira anunciar ''No tempo das borboletas'' como uma obra de ficção, Julia Alvarez traçou uma das mais contundentes narrativas históricas dos últimos anos, revelando ao mundo a saga das irmãs Mirabal, que desafiaram a sangrenta ditadura do general Rafael Leonidas Trujillo, na República Dominicana, e acabaram assassinadas. No romance, em que se sobrepõem as vozes de Minerva, Patria, María Teresa e Dedé (a quarta irmã), misturam-se lembranças de laços de fita na cabeça, luta armada e prisão. Escolhendo o drama das irmãs Mirabal, a autora faz de ''No tempo das borboletas'' o diário de muitas famílias dominicanas, que além de perderem tudo, até mesmo o direito de viverem no país em que nasceram, viram ceifadas vidas de parentes.Este livro traz à tona também outra face do ditador Trujillo, já que o apresenta como um conquistador amoroso. Como todos os tiranos, no entanto, o fazia à custa do poder.
No Luxemburgo lê-se:  "Duplo crime" - Tess Gerritsen e "Rendida" - Sylvia Day

http://cafdeletras.blogspot.com/

 

'SMF 2.0.2 | SMF © 2011, Simple Machines'
Based on imPulse2 design by BlocWeb