Clube Nora Roberts

Por favor Entre ou registe-se.

Autor Tópico: Jussi Adler-Olsen  (Lida 645 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline veruska

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 11.430
    • Ver Perfil
Jussi Adler-Olsen
« em: Junho 12, 2014, 20:14:21 pm »
Carl Mørck não é o detetive mais popular da Divisão dos Homicídios de Copenhaga. Por isso, quando é criado o Departamento Q, com a missão de rever casos arquivados, Carl Mørck é designado para o dirigir. O seu primeiro caso é o de Merete Lynggaard, uma deputada que desaparecera cinco anos antes sem que a polícia conseguisse mais do que conjeturar uma aparente tentativa de suicídio. Toda a gente acha que ela está morta. Toda a gente diz que investigar o sucedido é uma perda de tempo. Mas, à medida que Carl Mørck começa a seguir as pistas que o seu colega havia descartado aquando da investigação inicial, descobre um caso com contornos inesperados e profundamente sinistros…


Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 28.065
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Jussi Adler-Olsen
« Responder #1 em: Junho 12, 2014, 22:35:58 pm »
Parece uma ideia interessante.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline Zana

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 7.829
  • romântica incurável
    • Ver Perfil
Re: Jussi Adler-Olsen
« Responder #2 em: Junho 13, 2014, 17:36:26 pm »
adoro esta série, ja li os dois primeiros

o que penso, não consigo copiar, tenho o blog protegido:
http://sonhodeumatardedeoutono.blogspot.fr/search/label/Jussi%20Adler%20Olsen
« Última modificação: Junho 13, 2014, 18:10:52 pm por Zana »

Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 28.065
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Jussi Adler-Olsen
« Responder #3 em: Janeiro 06, 2016, 14:06:52 pm »
Desejo de Vingança  (#2)



Quando Carl Mørck o subinspetor do Departamento Q, se depara com o processo de um antigo crime na sua secretária, de imediato estranha o sucedido. Trata-se do homicídio violento de dois irmãos vinte anos antes, o culpado confessara e fora condenado. Sendo assim, como explicar o misterioso aparecimento daquele processo na sua secretária? Quem o deixara ali? Movido pelo instinto, Carl reabre ocaso. As pistas guiam-no a Kimmie, uma mulher atormentada movida por um único propósito: vingança.



Disponível amanhã, 7 janeiro.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 28.065
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Jussi Adler-Olsen
« Responder #4 em: Agosto 09, 2017, 08:39:26 am »
Ontem terminei O Guardião das Causas Perdidas.

Gostei muito, muito!
Carl e Assad reveleram-se personagens cativantes; Assad especialmente foi uma caixinha de surpresas e mal posso esperar para saber mais sobre este personagem misterioso, com os conhecimentos e capacidades mais inesperados.

O caso também foi muito bom, interessante desde o início e a forma como o livro está escrito, como equilibra os capítulos passados no presente (2007) e no passado (de 2002 ao presente de 2007) é muito boa. Nunca foi uma leitura aborrecida, pelo contrário. Escusado será dizer que fiquei pasma como uma tragédia abalou aquelas vidas... Passei o livro todo de coração apertado por causa de Merete.
Spoiler (click to show/hide)
O próximo livro será para ler entretanto, estou mesmo curiosa para ler mais sobre estes personagens e o departamento Q.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 28.065
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Jussi Adler-Olsen
« Responder #5 em: Agosto 22, 2017, 12:32:50 pm »
E li Desejo de Vingança. E que título mais apropriado!

Li há pouco o volume anterior, "O Guardião das Causas Perdidas" de que gostei bastante; este não lhe fica atrás, foi pena é tê-lo lido nuns dias que não me sentia muito bem.

Agora, Carl e Assad têm uma nova colega no Departamento Q, Rose. Oh, nem vos consigo dizer como gostei desta personagem; Rose e Assad a trabalhar juntos então, são mais que o suficiente para exasperar Carl e deixá-lo sem palavras possíveis, farto-me de rir com esta equipa. São demais mesmo!

O caso que o Departamento Q investiga é uma coisa horrorosa, que começa com o assassínio de 2 adolescentes irmãos há 20 anos atrás e que cedo os leva a ligar esse acontecimento a várias outras agressões, mortes e desaparecimentos. Em volta de tudo isto encontra-se um grupo de jovens de famílias ricas. Kimmie, especialmente, foi uma personagem que me marcou muito:
Spoiler (click to show/hide)
Quanto a Carl, se eu já o apreciava antes, agora ainda mais dada a decisão difícil e admirável que tomou,
Spoiler (click to show/hide)

Ora, eu não sei nada da língua Dinamarquesa mas a tradução para Português parece-me estar excelente! Fico com a sensação que o(a) tradutor(a) conseguiu mesmo encontrar as palavras/expressões adequadas na nossa língua para exprimir o que o autor pretendia.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 28.065
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Jussi Adler-Olsen
« Responder #6 em: Fevereiro 08, 2018, 15:33:38 pm »
A Editorial Presença é uma chata porque só edita um livro de uma série ou de determinado autor, de anos em anos, mas que são simpáticos, são. Questionei sobre a publicação (ou não) de mais livros desta série e recebi uma resposta muito simpático passada 1h, mais ou menos, que diz:

Estimada Leitora,

Na sequência do seu e-mail que muito agradecemos, informamos que iremos publicar o próximo livro - REDEMPTION - de Jussi-Adler Olsen, contudo ainda não temos uma data definida, uma vez que a tradução tem sofrido alguns atrasos devido a problemas de saúde do nosso colaborador.

Logo que tenhamos notícias mais concretas, daremos notícias.

Sem outro assunto, desejamos-lhe a continuação de boas leituras.

Atentamente,


Estimo rápidas melhoras ao colaborador (deve ser o tradutor).
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 28.065
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Jussi Adler-Olsen
« Responder #7 em: Setembro 19, 2018, 09:17:08 am »
Novidade saída em agosto, que me deixou muito contente; adorei os 2 livros anteriores:

A Mensagem na Garrafa (Afdeling Q #3)





Em Wick, nos confins da Escócia, dois irmãos, ainda crianças, acordam amarrados e amordaçados num barracão para embarcações junto ao mar. As amarras com que estão presos são impossíveis de romper. Mas talvez alguns dos objetos deixados por perto possam ajudá-los: uma garrafa e alcatrão para a selar, uma farpa de madeira e papel para escrever uma mensagem de socorro…

Anos depois, na divisão de casos arquivados da polícia em Copenhaga, o inspetor Carl Mørck recebe uma garrafa que contém uma mensagem velha e quebradiça, escrita com sangue por dois rapazes. Será real? Quem são eles e por que razão ninguém deu o alerta do seu desaparecimento? Estarão ainda vivos?

Inicialmente, a investigação não parece dar frutos, mas rapidamente Carl e a sua equipa dão por si no encalço não só destas crianças, mas também de muitas outras: rapazes e raparigas desaparecidos e que nunca mais foram vistos.

E seguem o rasto de um assassino cruel incapaz de parar...


Autor bestseller, multipremiado com mais de 16 milhões de livros vendidos. A Mensagem na Garrafa,é uma obra perturbadora, mas definitivamente inovadora. Todos os livros da série Departamento Q foram adaptados ao grande ecrã!



Não sabia que havia filmes dos livros... Gostava de ver.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

 

'SMF 2.0.2 | SMF © 2011, Simple Machines'
Based on imPulse2 design by BlocWeb