Clube Nora Roberts

Por favor Entre ou registe-se.

Autor Tópico: Douglas Preston e Lincoln Child  (Lida 31306 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Vespa

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 10.476
  • A leitura nutre a inteligência
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #195 em: Outubro 03, 2012, 13:10:42 pm »
No Enxofre aparece um jornalista, o que escreve os artigos sobre o Buck, o pregador. Mas não o achei grande coisa...
Pode ser que apareça outro...
A vida só pode ser compreendida olhando para trás, mas só pode ser vivida olhando para a frente (Soren Kierkegaard)


Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 27.946
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #196 em: Outubro 03, 2012, 14:17:39 pm »
Era o William Smithback? É mesmo esse. Eu também não gostei dele mas depois mudei de opinião. É bom homem.
« Última modificação: Outubro 03, 2012, 14:19:33 pm por sonia.cristina »
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline Vespa

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 10.476
  • A leitura nutre a inteligência
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #197 em: Outubro 03, 2012, 15:22:40 pm »
Era o William Smithback? É mesmo esse. Eu também não gostei dele mas depois mudei de opinião. É bom homem.

Não, era outro. Mas o Smithback foi referido, parece que estava no Cambodja em lua de mel.
A vida só pode ser compreendida olhando para trás, mas só pode ser vivida olhando para a frente (Soren Kierkegaard)


Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 27.946
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #198 em: Outubro 03, 2012, 15:50:13 pm »
Era o William Smithback? É mesmo esse. Eu também não gostei dele mas depois mudei de opinião. É bom homem.

Não, era outro. Mas o Smithback foi referido, parece que estava no Cambodja em lua de mel.

Ah é? Já não me lembro disso. Mas ele vai aparecer ainda na trilogia.  ;) Um bocado cheio de mania e grandezas mas depois de se lhe tirar a pinta aprende-se a gostar dele.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline veruska

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 11.357
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #199 em: Janeiro 15, 2013, 23:05:43 pm »
A nova capa:

Offline Yunnah

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 7.443
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #200 em: Janeiro 15, 2013, 23:06:59 pm »
Gosto mais desta do que da anterior! Mas a anterior também não é má...

Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 27.946
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #201 em: Janeiro 16, 2013, 09:43:16 am »
Ohhh... Andam sempre com reedições... Há tantos livros novos por publicar. A seguir ao último que saiu do Pendergast, há uma trilogia que está a fazer furor entre os fãs e eu até gostava muito de a ler.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline Vespa

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 10.476
  • A leitura nutre a inteligência
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #202 em: Janeiro 16, 2013, 15:11:17 pm »
Tenho de ler o resto da trilogia. Ainda só li o Enxofre. :P
A vida só pode ser compreendida olhando para trás, mas só pode ser vivida olhando para a frente (Soren Kierkegaard)


Offline Yunnah

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 7.443
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #203 em: Janeiro 16, 2013, 23:08:21 pm »
Ohhh... Andam sempre com reedições... Há tantos livros novos por publicar. A seguir ao último que saiu do Pendergast, há uma trilogia que está a fazer furor entre os fãs e eu até gostava muito de a ler.

Tens toda a razão!  :P

Offline veruska

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 11.357
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #204 em: Abril 24, 2013, 20:57:24 pm »
Num vasto deserto do Novo México esconde-se um enorme complexo dedicado à investigação científica: o Mount Dragon. É lá que se encontram Guy e Susana a trabalhar lado a lado com algumas das mais brilhantes mentes científicas do planeta. Liderados pelo génio visionário Brent Scopes, o objetivo secreto é alcançar uma descoberta médica que irá trazer inúmeros benefícios à raça humana.


Offline Yunnah

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 7.443
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #205 em: Abril 24, 2013, 21:44:34 pm »
Uau...a capa está o máximo! Gostava era que a sinopse levantasse mais uma pontinha do véu, pois fiquei sem saber bem do que trata...
Acho que vou investigar informações e opiniões...

Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 27.946
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #206 em: Abril 26, 2013, 16:45:06 pm »
Soa-me bem mas que pena não ser um livro Pendergast.  :(
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 27.946
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #207 em: Julho 25, 2017, 20:47:42 pm »
Passados uns anos regressei à série Pendergast e termine Fever Dream, o nº 10 da série, em que Pendergast descobre que a esposa não morreu acidentalmente atacada por um leã há 12 anos mas foi, sim, assassinada.

Já nem me lembrava das saudades que tinha do Pendergast, que personagem este mais caricato e original! É um livro com mais de 500 páginas, mas voaram! Foi uma leitura muito boa e fluída, não houve momentos chatos - Pendergast não deixa - e o assunto foi sempre interessante, exceto, talvez, sobre Audubon e as aves, mas isso é só um pormenor sem importância.

Estou é muito curiosa por saber como Constance se vai safar agora.
Spoiler (click to show/hide)

O livro termina com um cliffhanger; de facto este é o primeiro livro da chamada trilogia Helen e estou ansiosa para seguir com a leitura em frente.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

Offline Vespa

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 10.476
  • A leitura nutre a inteligência
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #208 em: Julho 26, 2017, 12:31:14 pm »
Passados uns anos regressei à série Pendergast e termine Fever Dream, o nº 10 da série, em que Pendergast descobre que a esposa não morreu acidentalmente atacada por um leã há 12 anos mas foi, sim, assassinada.

O Pendergast era casado? :o Não me lembro nada disso... ::)
A vida só pode ser compreendida olhando para trás, mas só pode ser vivida olhando para a frente (Soren Kierkegaard)


Offline sonia.cristina

  • Bibliófilo
  • ******
  • Mensagens: 27.946
  • Recicla. O mundo é o nosso jardim.
    • Ver Perfil
Re: Douglas Preston e Lincoln Child
« Responder #209 em: Julho 26, 2017, 19:52:49 pm »
Passados uns anos regressei à série Pendergast e termine Fever Dream, o nº 10 da série, em que Pendergast descobre que a esposa não morreu acidentalmente atacada por um leã há 12 anos mas foi, sim, assassinada.

O Pendergast era casado? :o Não me lembro nada disso... ::)

Não te lembras? Lembras-te no 1º livro, penso, aquele em que há um monstro à solta num museu, há uma cena em que o Pendergast se está a preparar para disparar sobre esse monstro e há alguém com ele que lhe pergunta se dispara bem e ele diz que sim, mas que a mulher é que sabia disparar bem. E conta que ela morreu num safari em África, foi morta por um leão. Tirando este bocadinho, acho que a mulher dele não volta a ser referida nunca mais. Segundo os autores, trouxeram de volta o tema da mulher dele porque os leitores estavam constantemente a fazer-lhes perguntas sobre ela.
You never needed to hear my thoughts, Gray, because you always listened to my heart.
Dillon to Gray, in Eternal Beast, by Laura Wright

 

'SMF 2.0.2 | SMF © 2011, Simple Machines'
Based on imPulse2 design by BlocWeb